16/03/2023

Aplicação da regulação em Enfermagem é tema de Fórum no RJ

Palestra aborda importância de proporcionar aos profissionais uma educação adequada,
Palestra aborda importância de proporcionar aos profissionais uma educação adequada, condições dignas de trabalho, oportunidades de autoridade e liderança na Enfermagem e qualidade da assistência ao paciente

Palestra debateu como aplicar, praticar e avaliar a regulação da categoria

O Fórum de Regulação da Prática de Enfermagem na Região das Américas debateu, nesta quarta-feira (15), como aplicar, praticar e avaliar a regulação da categoria. O início da discussão sobre as direções estratégicas para a Enfermagem, discutidas no evento, ressalta a importância de proporcionar aos profissionais uma educação adequada, condições dignas de trabalho, oportunidades de liderança na Enfermagem e qualidade da assistência ao paciente.

Com moderação do vice-presidente do Cofen, Antônio Marcos Freire, o painel foi ministrado por Michelle Acorn, representante do Conselho Internacional de Enfermeiros (ICN). Em sua fala, a palestrante ressaltou a importância do evento para o desenvolvimento da Enfermagem. “Quero agradecer a participação neste fórum, porque, definitivamente, somos melhores juntos, demonstrando como a regulação funciona e medidas viáveis de aplicação”, afirma.

É necessário avaliar a regulação do atual modo de regulação dos países americanos para construir e desenvolver a assistência do cuidado. Os pilares propostos pela ICN constituem a ligação entre a prática profissional, regulação da prática e o bem estar sócio-econômico, visando a proteção pública e segurança dos pacientes. Para implementar a regulação deve existir uma responsabilidade conjunta entre a avaliação do próprio profissional, da avaliação social e medidas governamentais, aliadas à transparência e dinâmica da profissão.

Evento debate estratégias de regulação entre os países da América

“A busca pelo curso de Enfermagem cresceu exponencialmente após a pandemia, mas ainda precisamos contribuir para o fortalecimento da prática profissional, flexibilizando oportunidades de uma educação sólida e investimentos na profissão. Além disso, a saúde mental dos profissionais deve ser avaliada. É necessário respeito e dignidade no ambiente de trabalho”, destaca Michele.

O estudo “A visão futura da Enfermagem no Canadá”, coordenado pelo sistema pan canadense, demonstra que o trabalho da Enfermagem refletirá a agilidade e mobilidade dos profissionais, com planejamento adequado de atividades. Os Estados Unidos, o Canadá e a maioria dos países do Caribe exigem exames de competência para o registro inicial. Em 54,3% dos países, a renovação periódica do registro é necessária. Nesses países a educação continuada é necessária para a renovação do registro profissional e é necessário o credenciamento de horas de trabalho.

Fonte: Ascom – Cofen




  • perfil
  • BannerLateralMunean-207x111
  • tv coren
Oi, precisa de ajuda?