Punção de veia jugular externa é privativa do enfermeiro


27.10.2022

Conselheira Helga Bresciani recomenda, em parecer, que instituições adotem Procedimento Operacional Padrão (POP)

Os enfermeiros estão legalmente habilitados para realização da técnica de acesso jugular externo, esclarece parecer da conselheira Helga Bresciani. Aprovado por unanimidade pelo plenário do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) na 544ª ROP, o documento responde a consulta da Comissão Nacional de Urgência e Emergência (Conue/Cofen).

O parecer esclarece que o enfermeiro está legalmente habilitado para realizar Cateter Central de Inserção Periférica, uma vez que a jugular externa é classificada como veia periférica.

“As ações referentes a assistência na situação de urgência e emergência devem ser subsidiadas pela elaboração de Procedimentos Operacional Padrão, que padronizem os cuidados prestados e os profissionais responsáveis”, recomenda, no parecer, a conselheira Helga Bresciani.

Para o coordenador da Conue/Cofen, Eduardo Fernando Souza, o parecer traz mais segurança na atuação do enfermeiro. “A urgência e emergência exige tomada de decisões rápidas e seguras, por isto é importante que os procedimentos sejam claros para toda a equipe”, afirma.

Fonte: Ascom – Cofen

Compartilhe

Outros Artigos

Receba nossas novidades! Cadastre-se.


Fale Conosco

 

Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba

João Pessoa (Sede): Av. Maximiano Figueiredo, 36 - Centro, João Pessoa - PB, 58013-470 | Campina Grande (Subseção): Rua Vice-Prefeito Antônio de Carvalho Sousa, 450, EMP. RONALDO CUNHA LIMA, Sala 714, Estação Velha.

(83) 3113-1144 (Ligações) | (83) 3221-8758 (WhatsApp)

corenpbrcp@uol.com.br


Horário de atendimento ao público

8:00 às 12:00 | 13:00 às 16:00