15/05/2019

MPT determina contratação de profissionais para o Hospital de Trauma, através de ação do Coren-PB

A decisão é fruto de um inquérito civil instaurado pelo Ministério Público do Trabalho, após fiscalização do Coren-PB

O Ministério Público do Trabalho determinou, nesta quarta-feira (15), que o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, comprove em um prazo de 20 dias, a contratação de 13 enfermeiros e 30 técnicos de enfermagem.

A decisão é fruto de um inquérito civil instaurado pelo Ministério Público do Trabalho, após fiscalização do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB), que demonstrou a necessidade do aumento de profissionais de enfermagem para reduzir a sobrecarga de trabalho.

A instituição já havia sido notificada pelo Coren-PB, desde 2016, por irregularidades, tais quais: exercício irregular da enfermagem; desatualização do cálculo de dimensionamento de pessoal de enfermagem (DPE); inexistência de enfermeiro no setor de medicina do trabalho no turno matutino.

Para a presidente do Coren-PB, Renata Ramalho, essa é uma importante conquista para a categoria e para a população. “Esta vitória demonstra a luta do Conselho em defesa não só da categoria, mas pela segurança e qualidade na assistência prestada aos usuários do serviço, destaca.

 

Fonte: Coren-PB




  • perfil
  • BannerLateralMunean-207x111
  • enfermagem
  • tv coren