19/07/2022

Conselhos de Enfermagem realizam alinhamento estratégico de comunicação

Em primeiro dia de sexto seminário, assessores discutem avanços da categoria e projetam futuro da profissão

Assessores de todo o país se reúnem para analisar os avanços da profissão e definir novas metas de trabalho em equipe

Acontece em São Paulo nesta terça e quarta-feira, dias 19 e 20 de julho, o 6º Seminário de Alinhamento Estratégico de Comunicação do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e dos Conselhos Regionais de Enfermagem (Coren). Assessores de imprensa de todo o país se reúnem no maior estado da federação para analisar os avanços da profissão, discutir como agregar mais valor à imagem da categoria, estudar a legislação eleitoral, fazer estudos de caso e definir novas metas de trabalho em equipe.

“Neste momento de luta pelo nosso piso salarial, o trabalho das assessorias de comunicação dos Conselhos de Enfermagem foi essencial para sensibilizar politicamente a categoria e expandir a nossa voz. É um trabalho de excelência, que deve ser reconhecido e valorizado”, discursou a presidente do Cofen, Betânia Santos. “Ganhamos cada vez mais espaço na mídia por causa do trabalho de profissionais de comunicação que se dedicam a expor a nossa difícil realidade. Profissionais que estão mostrando o quanto a Enfermagem é indispensável para toda a sociedade”, emendou o presidente do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) e anfitrião do evento, James Francisco dos Santos.

Para o chefe da assessoria de comunicação do Cofen, Neyson Freire, o prolongamento da pandemia, o avanço da vacinação e a luta da Enfermagem brasileira pelo piso salarial levaram os Conselhos aos editoriais e ao centro do debate político. “Conseguimos figurar nas mídias sociais, na imprensa nacional e internacional com campanhas sensíveis, posicionamentos responsáveis e relevância significativa, com foco em objetivos estratégicos que, hoje, se materializam como fatores transformadores da realidade da categoria”, considera.

Esse trabalho inverteu o status quo e deu voz a quem não tinha vez no debate público. “Mais do que um órgão de fiscalização e controle do exercício profissional, os Conselhos de Enfermagem estão se firmando como órgãos de comunicação, com relevante função social, capazes de fazer reverberar a opinião de trabalhadoras e trabalhadores que sempre foram excluídos das narrativas, mas que, hoje, são protagonistas da saúde pública na mídia nacional e internacional”, completou Freire.

“Os nossos comunicadores conseguem transformar as nossas decisões em informações de valor para a sociedade. Hoje, quando a mídia nacional e internacional busca informações sobre saúde pública, busca nos Conselhos de Enfermagem, pois são fontes seguras e confiáveis. É um trabalho que merece valor, pois coloca em evidência as nossas ações produtivas. Graças à comunicação, temos avançado”, frisa o vice-presidente do Cofen, Antônio Marcos Freire.

Dentro da programação do evento, os assessores de comunicação do Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem vão discutir como construir a percepção de valor à imagem da categoria a partir de histórias, como a “internet 3D” vai impactar a percepção das pessoas, o que está em jogo em ano eleitoral, as big techs e os desafios da democracia, entre outros temas.

Fonte: Ascom – Cofen




  • perfil
  • BannerLateralMunean-207x111
  • tv coren